Being BeBe – A História de BeBe Zahara Benet

Veja também

#dragqueen #histórialgbt #lgbtqia

17/11 (qua) - 20h30 - Cinesesc
19/11 (sex) - 16h30 - Spcine CCSP Lima Barreto

DIREÇÃO: Emily Branham
PAÍS: EUA, Camarões
ANO: 2021
DURAÇÃO: 93
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 12 anos

SINOPSE: Em 2009, BeBe Zahara Benet saiu das performances na Parada do Orgulho LBGT de Mineápolis para ser coroada como vencedora triunfal da primeira temporada de RuPaul’s Drag Race. Quando você se acha a pessoa com mais personalidade em qualquer lugar que entra, ser empurrada para os holofotes deveria ser algo natural. Mas, sendo uma imigrante camaronês-americana, BeBe – também conhecida como Marshall Ngwa – sentiu a pressão de expectativas culturais conflitantes. Como alguém pode abraçar a carreira de orgulhosa performer LGBTQIA+ nos Estados Unidos, já antecipando a desaprovação de sua terra natal conservadora, onde ser gay é motivo de prisão? E como tornar-se uma das histórias de maior sucesso da África Ocidental sendo simultaneamente subestimada e discriminada pela indústria do entretenimento americana? Seleção oficial em Tribeca e OutFest Los Angeles.

Elenco/Cast: Marshall Kudi Ngwa (aka BeBe Zahara Benet)
Fotografia/Cinematography: Sinisa Kukic, Jeremy Wilker, Emily Branham
Montagem/Editing: James Codoyannis, Emily Branham
Som/Sound: Rob Daly
Música/Music: Hèlene Faussart, Les Nubians (aka Golden Flack Jones)
Produção/Production: Emily Branham, Marc Smolowitz, Jonathan Goodman Levitt

Direção: Emily Branham
Previous articleA Fratura
Next articleBenedetta